Pequenos gênios? Ou a importância de estimular a linguagem

O que seria de W.A Mozart se seu pai tivesse sido carpinteiro? Teria formulado Einstein a teoria da relatividade se houvesse nascido em um país menos desenvolvido? O gênio nasce ou se faz?

Deixando de lado a capacidade intelectual de partida de cada um, o que está claro, é que propiciar um entorno altamente estimulante ajudará que o bebê desenvolva todas suas potencialidades. Se em casa se escuta música sempre, ou se fala em outro idioma, além do habitual, o mais provável é que os pequenos tenham mais facilidade na hora de trabalhar com essas disciplinas.

Existem escolas e também país que trabalham na estimulação cedo através de bits de inteligência. É um método simples que amplia bastante o vocabulário das crianças ao mesmo que tempo que as prepara para a leitura e escrita e lhes ajudará a desenvolver a concentração.

Os bits de inteligência são cartas nas quais aparecem uma foto ou desenho de um objeto, animal ou personagem, com seu nome e que foram desenhadas especificamente para ajudar às crianças através da estimulação da linguagem. Para aplicar este método, somente é necessário escolher um momento do dia adequado, normalmente a primeira hora da manhã, depois do café da manhã ou depois do cochilo da tarde…. Que é quando as crianças estão mais despejadas e receptivas. Então, se lhes mostrará uma série de cartas, uma depois da outra, ao tempo que se vai dizendo o que ou quem é o que aparece em cada ocasião. Esta atividade deve durar pouco, de 2 a 5 minutos dependendo da idade das crianças, que deve situar-se entre o nascimento e os 6 anos.

Adquirir un ámplio vocabulario será decisivo un buen rendimiento escolar.

Os bits se podem agrupar por categorias, tipos de frutas, hortaliças, insetos, monumentos, raças de cachorros, bandeira, etc. As crianças as quais tiveram uma correta estimulação da linguagem com regularidade e durante um espaço de tempo suficientemente longo, experimentam resultados surpreendente, normalmente utilizam um maior número de palavras para descrever seu entorno e teremos a impressão de que realmente são pequenos gênio, mesmo que saibamos que é o resultado de uma correta estimulação infantil.

Quando são maiores, podemos seguir ajudando-os na aquisição de novos conhecimentos e vocabulários através de jogos estimulantes, como os puzzles com conteúdo didático, mapas do mundo, puzzle da história, do corpo humano ou jogos onde se formulam perguntas do tipo: Quem inventou? Ou qual é a tradução ao inglês de…?

Dispor de um amplo vocabulário é muito importante para a criança e lhe reportará em várias vantagens. Para começar, quanto mais vocabulário tenha a criança, maior será a compreensão leitora e maior a riqueza na hora de redigir seus trabalhos e exames.

Se trata de algo tão simples como entender corretamente o que estudam ou o que lhes perguntam nas provas.

Isso se traduz em melhores resultados acadêmicos e provavelmente com menor esforço que se dispõe de um vocabulário mais limitado.

Além disso, olhando já para o seu futuro, dispor e fazer uso de um rico vocabulário é próprio de pessoas formadas e educadas, o qual lhe poderá reportar também bons créditos a nível pessoal e no trabalho.

Em definitiva, nunca é muito cedo para iniciar aos bebês na aquisição de novos conceitos, usados corretamente e evitando na medida do possível palavras que não significam nada como “popó” “pipo”, inclusive diminutivos.

Já que devem fazer o esforço de aprender, melhor que o façam corretamente.

Categorias relacionadas:

Compartilhar em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *