Jogos para os adeptos do parchis

O parchis é um jogo de mesa que não precisa de apresentações, aqui ao lado na vizinha Espanha. Em Portugal não é tão conhecido, mas, tal como o Jogo da Glória ou o dominó, é uma ótima opção para juntar miúdos e graúdos em casa ou num espaço exterior.

Ainda que seja muito popular em Espanha, parece que o jogo do parchís tem a sua origem na Índia. Lá foi criado o pachisi no século XVI, um jogo bastante menos inofensivo do que conhecemos agora. Akbar o Grande, que governou a Índia de 1556 a 1605, desenhou grandes tabuleiros em forma de cruz nos seus palácios de Agra e Allahabad, nos quais ele se colocava no centro sentado no seu trono e dezasseis mulheres, seguramente concubinas do seu harém ou donzelas da nobreza, se moviam como fichas à sua volta. Também se atiravam como dados algumas conchas de caracóis marinhos. Parece que o nome do jogo podia vir de pacisi, que significa “vinte e cinco” em hindi: o número máximo que se podia conseguia ao lançar as conchas. Hoje em dia, o jogo ainda mantém a forma em estrela do jardim do palácio de Agra.

Do indiano pachisi também nasceram o ludo, o colombiano parqués ou o norte-americano parcheesi.

Apto para todas as idades

Graças a umas regras relativamente simples e fáceis de recordar, o jogo do parchis está apto para todas as idades, que podem jogar as crianças entre si ou com o resto da família. O mais habitual é que joguem de 2 a 4 jogadores, mas também encontramos variedades que se jogam a dois ou com mais jogadores. Neste caso, acrescentam-se cores aos já tradicionais vermelho, azul, amarelo e verde.

Dois jogos emum

Certamente que já alguma vez viu que, ao virar o tabuleiro deste jogo, este também inclui o Jogo da glória. O tabuleiro de dupla face é clássico. Como o Tabuleiro Parchis – Jogo da Glória com acessórios da Cayro: um formato de toda a vida, feito de madeira de alta qualidade, que inclui os dois jogos e as fichas para jogar.

Também com dupla face, mas com um design um pouco diferente é nosso Jogo do Parchis e da Glória. Inspirado em contos clássicos como a “Cigarra e a Formiga” ou “A Raposa e o Corvo”, permite que crianças com mais de 3 anos possam divertir-se comos dois jogos. As suas peças têma forma de um cavalinho.

Parchís gigante

E se tivermos espaço suficiente em casa para jogar, uma boa opção pode ser um tabuleiro gigante. Neste caso, a mesa passa a sero chão, num jogo que estimula a atenção e a perceção dos mais pequenos ao mesmo tempo que lhes permite passar um bombocado com os seus amigos. Temos duas recomendações para si. Uma delas é o Parchís gigante de Cayro.

A outra é o nosso Parchis de chão gigante, com um tapete resistente a pisadelas eà àgua, e com dados e fichas de materiais flexíveis e laváveis: ideal tanto para interiores como para exteriores.

É um adepto do parchis? Então, não perca estes e muitos outros jogos de mesa clássicos que lhe oferecemos na Eurekakids!

Compartilhar em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *