Porque é que as crianças devem jogar xadrez?

O jogo de xadrez é súper completo, uma vez que proporciona benefícios a várias das capacidades das crianças, tanto a nível intelectual, como a nível criativo e social. Os seus efeitos positivos foram estudados através da sua introdução nos programas pedagógicos de muitas escolas, começando por ser uma atividade extra-escolar até transformar-se atualmente numa disciplina que faz parte do horário letivo.

Que benefícios são proporcionados pelo xadrez às crianças?
O xadrez proporciona vários benefícios em diversas áreas do desenvolvimento da criança.

Pensamento lógico-matemático
Jogar xadrez fomenta a compreensão das crianças acerca da realidade que os rodeia e estimula a sua habilidade na resolução de problemas.

Planificação de objetivos estratégicos
Implica uma constante demonstração de hipóteses que cada jogador deverá verificar ou descartar. Além disso, supõe a aplicação destas estratégias previamente planificadas.

Imaginação orientada para a resolução de problemas
Para ganhar uma partida, não basta aprender e aplicar padrões de jogadas anteriores. Cada partida é um mundo e, por isso, é de vital importância que o jogador imagine posições distintas e planifique diversas jogadas em função da situação na qual se encontra em cada momento.

Atenção e concentração
É indispensável que os pequeninos apliquem a sua capacidade intelectual para analisar, prever e tomar decisões sob pressão em cada uma das jogadas. Por isso, deverão aumentar a sua capacidade de atenção e concentração durante o jogo.

Capacidade de reflexão
Para jogar xadrez da forma adequada, é imprescindível aprender a refletir antes de agir. Os pequeninos deverão pensar nas consequências que os seus movimentos provocarão antes de os levar a cabo e imaginar a série de acontecimentos que as suas ações acarretarão.

Paciência
As partidas de xadrez requerem que os pequeninos pensem e planifiquem todas as suas ações sobre o tabuleiro de jogo. Uma estratégia de sucesso exige tempo, paciência e constância. É fundamental que a criança ponha de lado a precipitação e a impaciência, caso queira conseguir a vitória.

Inteligência emocional
O xadrez é uma maneira divertida de fomentar o desenvolvimento da inteligência emocional, ou seja, a capacidade de fazer uso da razão para gerir adequadamente as emoções. Nesse sentido, o xadrez ensina os pequeninos a controlar a sua impulsividade e a gerir corretamente as suas “emoções automáticas”.

Respeito pelas regras
Outro dos benefícios proporcionados pelo xadrez é a capacidade de aceitar as regras do jogo e o resultado, aprendendo a gerir melhor a frustração.

Aproximação intergeracional
O xadrez é uma fonte de entretenimento para todas as idades. Desde os membros mais pequenos aos mais idosos da família, todos desfrutam com este jogo de estratégia. Por isso, o xadrez é sempre uma boa opção para unir membros da família com idades totalmente diferentes.

Como introduzir o xadrez junto dos pequeninos?
O xadrez baseia-se num tabuleiro dividido em quadrados negros e brancos. Inclui dois esquadrões em igualdade de condições, mas de cor diferente: cada um deles dispõe da mesma quantidade de peças de xadrez com as suas respetivas funções e objetivos.

A criança pode começar a jogar xadrez com 4 anos. Para conseguir começar a sua carreira como jogador de xadrez, é importante que a criança o interprete como um jogo, ou seja, como uma experiência divertida e entretida, não como uma forma de aprendizagem imposta para aumentar as suas capacidades intelectuais.

Assim sendo, uma das formas mais eficazes para introduzir este jogo é de o apresentar como uma batalha entre dois reinos, cujo objetivo é capturar o rei do lado oposto.

No site da Eurekakids poderá encontrar diferentes versões deste clássico. De que está à espera para surpreender o seu pequenino com um jogo de xadrez? 😉

Compartilhar em:
Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *